ENGINEERING EDUCATION
FOR THE FUTURE 2019

Em busca de soluções de excelência  para o desafio do aprendizado da Engenharia no futuro

23, 24 e 25 de maio de 2019
ITA – campus DCTA – SJC – SP

Realização:

Apoio:

Colaboração:

Instituto Maua

Notícias

acompanhe as notícias sobre O eef 2019

Sobre o EEF 2019

O EEF– Engineering Education for the Future / Ensino da Engenharia para o Futuro – será um grande encontro promovido pelo ITA, com desdobramento em 4 eventos (FÓRUM, MOSTRA TECNOLÓGICA, GRAND PRIX DE INOVAÇÃO e COMPETIÇÃO EM 3D) e a finalização e premiação de uma COMPETIÇÃO interna em CIÊNCIA DE DADOS.

Contando, também, com a disponibilidade para visitação da mais nova Escola Móvel SENAI para a Indústria 4.0, o EEF objetiva provocar e estimular sinergias de forma amplificada, a  partir das inquietações e das grandes perguntas, na busca de soluções de excelência para o desafio do aprendizado da Engenharia no futuro.

O que acontece no evento

confira o resumo das programações

Forum

O Fórum tem por objetivo debater os desafios para inovação nos processos de aprendizado de Engenharia, hoje e no futuro. Estruturado sob a forma de painéis, palestras e debates, contará com a participação de palestrantes do Brasil e do exterior.

Todos os temas estarão focados no desafio pela busca do aprendizado de excelência na engenharia para a formação do engenheiro do futuro, considerando a evolução do perfil que virá a ser demandado por toda a sociedade.

Em um amplo debate discutiremos as mudanças na cultura educacional, nos processos/ambientes e tecnologias de ensino, que exigem a simultânea e adequada preparação dos corpos discente e docente, avalizadas pela estrutura de gestão através de ações institucionais estratégicas e dinâmicas.

Mostra Tecnológica

exposição temática irá proporcionar um passeio pelos caminhos tecnológicos, atuais e históricos, desde o estágio da formação, seguido pela pesquisa e industrialização mostrando a evolução e materialização de projetos em desenvolvimento pelo ITA e Institutos do DCTA, através dos alunos, professores e pesquisadores.

Grand Prix

O GP-GRAND PRIX de desafios é uma competição entre equipes, formadas entre os alunos participantes individualmente inscritos, desafiadas a apresentarem resultados materiais no prazo de 40 horas corridas para solução de temas a serem propostos no início do evento.

Serão apresentados 2 temas-desafios, a serem trabalhados por cada uma das 4 equipes formadas por 8 a 10 participantes, apoiado por mentores. As equipes serão mistas e multidisciplinares.

Este desafio explora as competências comportamentais esperadas dos novos profissionais. A resolução de desafios exigirá rápida interação entre os componentes das equipes, estimulando lideranças, distribuição de papéis e responsabilidades, bem como a definição de estratégias e planejamento para a consecução dos objetivos, buscados sob a pressão do prazo determinado.

Competição em Ciência de Dados

A competição, voltada a alunos de graduação e pós-graduação do ITA e UNIFESP tem o objetivo de buscar soluções para um problema de predição com o uso de dados reais, através da exploração do conhecimento em Ciência de Dados e Aprendizado de Máquina, com o uso da plataforma online Kaggle. A motivação gerada pela busca de soluções a problemas reais e relevantes para a sociedade deverá ser sustentada pela sinergia gerada pelo inter-relacionamento, capacidade de trabalho em equipe, pelo reconhecimento mútuo e valorização das competências e habilidades individuais.

Competição em 3D

A competição 3D, com a participação de várias escolas do Brasil, visa proporcionar ambientação com as necessidades da Indústria 4.0 bem como de outras áreas de inovação tecnológica, utilizando a plataforma 3D Experience da Dassault Systems, sistema que integra processos de negócios e de desenvolvimento de produtos em um ambiente digital.

Escola Móvel SENAI para a Industria 4.0

O termo indústria 4.0 é uma denominação que agrupa série de conceitos tecnológicos convergentes e capazes de transformar o modo de produção das indústrias modernas, com expressivos ganhos de competitividade. A unidade móvel integra importantes tecnologias habilitadoras da Indústria 4.0, tais como a Inteligência Artificial, Realidade Aumentada, Realidade Virtual, Técnicas de Manufatura Aditiva: Prototipagem e Impressão 3D e Redes Industriais aplicadas à Indústria 4.0. Além dessas há a Robótica Avançada, Sensoriamento, Análise de dados, Internet das coisas (IoT) e Computação em nuvem.